Notícias do Litoral do Paraná

Com gol na prorrogação, França vence e elimina Brasil no Mundial Feminino

Com gol de Henry, francesas bateram por 2 a 1 a seleção brasileira

A França sofreu diante do Brasil, mas confirmou seu favoritismo em Le Havre, diante de 23.965 torcedores, a lotação máxima do estádio, pelas oitavas de final do Mundial Feminino, e avançou na competição. O triunfo por 2 a 1 na prorrogação garantiu a equipe anfitriã nas quartas de final, à espera do vencedor do duelo entre Estados Unidos e Espanha, que se enfrentarão nesta segunda-feira.

O resultado manteve o tabu de o Brasil nunca ter vencido a França no feminino. Em nove partidas na história, foram cinco empates e quatro derrotas. O primeiro confronto ocorreu em 2003, na Copa do Mundo, quando houve empate por 1 a 1. No ano passado, em amistoso, a França havia ganhado por 3 a 1. Agora veio mais uma derrota.

O técnico Vadão contou com o retorno da experiente volante Formiga para a partida. E se na teoria a França era favorita, pela campanha que tinha feito na fase de grupos, com três triunfos, e por contar com o apoio dos torcedores em casa, na prática o Brasil equilibrou o duelo com uma boa disposição tática, bom toque de bola e muita atenção nas jogadas aéreas, ponto forte das adversárias.

A primeira chance mais clara de gol veio com Marta, que passou por duas defensores e chutou, mas a bola saiu fraca e acabou indo para fora. Pouco depois, Debinha também insistiu na jogada individual, deu um bom drible e chutou, mas a bola desviou na marcação e saiu pelo escanteio.

Na metade do primeiro tempo, o VAR entrou em ação pela primeira vez. Diani fez bela jogada, passou por Tamires e cruzou. A goleira Bárbara saiu para pegar a bola, não conseguiu e trombou com Gauvin. A bola tocou na francesa e acabou entrando no gol. Mas com o auxílio da tecnologia, após rever a imagem por vários ângulos durante quatro minutos, o gol foi anulado.

Desde então, a torcida francesa passou a vaiar a goleira Bárbara toda vez que ela tocava na bola. A pressão fora de campo era grande, mas também pesava sobre as jogadoras da casa, que não conseguiam ter o controle do duelo, com muitos dis seus destaques não rendendo bem. A marcação brasileira também estava ajustada.

Com mais posse de bola, o Brasil tentava atacar e quase abriu o marcador em uma bola que sobrou para a artilheira Cristiane. Ela recebeu a bola pela esquerda, sozinha, invadiu a área e bateu cruzado, mas a goleira Bouhaddi espalmou para fora. E antes do intervalo, a França teve ótima chance com Majri, que recebeu livre na entrada da área, mas chutou por cima do gol.

No segundo tempo, a França chegou rapidamente ao seu gol numa jogada pela direita com a rápida Diani. Ela ganhou de Tamires e cruzou para Gauvin, que mandou para o gol, aproveitando a desatenção da marcação brasileira. A resposta veio em pouco tempo, com Cristiane cabeceando com perigo. A goleira Bouhaddi tocou na bola, que ainda bateu no travessão e não entrou.

Fonte Banda B

Vereadores aprovam Patrulha Maria da Penha

Trabalhando de forma integrada, foco da ação da GM é manter o agressor afastado.

Geral

Jogos da Juventude do Paraná é Cancelado

Por conta do Coronavírus a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte cancelou a edição 2020 dos jogos.

Geral

Operação Policial Contra o Tráfico Internacional de Armas é ...

A Polícia Federal (PF) iniciou a operação em 8 estados com base nas investigações apontando que armas eram importadas ...

Geral

29ª GINCANA DO CAMINHONEIRO: ANTONINA RECEBE ETAPA QUE ...

Antonina, a histórica cidade do litoral paranaense, receberá uma das comitivas da 29ª Gincana do Caminhoneiro, que ...

Geral

Noite de Quarta Termina com Incêndio em Guaratuba

Os bombeiros de Guaratuba foram acionados para combater um incêndio ambiental na pedras de Caieiras.

Geral

Novo Decreto da Prefeitura de Guaratuba Durará até 5 de ...

A partir de hoje (22), Guaratuba terá novas medidas reguladoras das atividades essenciais e não essenciais.

Geral


 

 

 

 


 

 

 

 

Previsão do Tempo

 

booked.net