Notícias do Litoral do Paraná

Tribunal de Justiça confirma validade dos decretos 02 e 03/2019 e mantém cassação do vereador Zé da Ecler

Em decisão proferida nesta terça (10), o TJPR concedeu liminar suspendendo os efeitos do despacho singular que tornavam nulos os decretos legislativos da Câmara de Vereadores de Matinhos  02/2019 (que Declara a extinção do mandato do vereador José Carlos do Espírito Santo) e 03/2019 (que Declara a extinção do mandato do vereador José Carlos do Espírito Santo).

No despacho a Desembargadora Regina Helena Afonso de Oliveira Portes entende que:
Denota-se que houve a notificação da realização das sessões extraordinárias. Ainda há a certidão de mov. 1.5, onde o Sr. Claudio Amarante, chefe de gabinete do Vereador agravado, afirma que o mesmo está ciente da data das sessões. Ainda que nas convocações não tenha havido a assinatura da parte agravada, não há dúvidas de que era de seu conhecimento o dia em que se realizariam as sessões extraordinárias. O que não se pode admitir é que o agravado agora alegue desconhecimento, sob o pretexto de que não houve
sua intimação. Ou seja, o Vereador reconheceu que foi convocado para comparecer às audiências, não arguiu qualquer nulidade em relação a  convocação, mas após perder o mandato afirmou que sua intimação foi nula.

No tocante ao mérito, ou seja, se houve falta ou não nas sessões a justificar a perda do mandado, tal matéria está afeta ao regimento interno da Câmara, não cabendo ao Judiciário intervenção.
Percebe-se que houve a instauração do processo administrativo na comissão processante, (mov. 18 e seguintes) por quebra de decoro parlamentar, onde foi oportunizada a defesa da parte, não ocorrendo, em um primeiro momento, nenhuma nulidade.
Entende-se que o retorno ao cargo público acarretaria danos ao Erário, pois as verbas recebidas pelo Agravante não seriam restituídas em sobrevindo sentença de denegação da segurança, já que estas possuem caráter alimentar.

Como a análise por parte do Judiciário restringe-se à legalidade e o respeito ao devido processo legal, não adentrando no mérito da cassação, vê-se que não houve prejuízo ao direito de defesa do agravado, uma vez que teve oportunidade de se manifestar em todos os atos praticados. Não estão presentes, a meu ver, os requisitos necessários para a suspensão da decisão da Câmara Municipal, a ponto de afastar os efeitos do Decreto Legislativo 002/2019 e 003/2019.
Assim, concedo a liminar, para suspender os efeitos do despacho singular,
restabelecendo-se os termos da decisão emanada pela Câmara Municipal, através dos Decretos Legislativos 002/2019 e 003/2019.
Com essa decisão o suplente Moabe Santos Batista (Barão), assume imediatamente a vaga.


Clique aqui para ver a liminar na integra

 Veja demais matérias sobre esse caso:

Prefeito de Matinhos Ruy Hauer entra com pedido de falta de decoro contra vereador Zé da Ecler

Câmara de Matinhos decreta extinção do mandato do vereador Zé da Ecler

Vereador Zé da Ecler tem mandato cassado após sessão que durou 8 horas

Vereador Zé da Ecler é reconduzido ao cargo por liminar da justiça

 

 

 

Desvio para construção de nova trincheira na BR-277 terá ...

     A partir das 10h desta sexta-feira (20), um trecho de 150 metros da BR-277, na altura do km 72,5, sentido ...

Geral

Vereadores de Matinhos reprovam reajuste do IPTU para 2020

Em sessão extraordinária realizada nesta quarta (18), foi reprovado por unanimidade o projeto de lei 025/2019 que ...

Política

Tribunal Superior Eleitoral decide que candidaturas ...

           O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu na noite desta terça-feira (17) que a presença de candidaturas ...

Geral

Apreensão de 270 pedras de crack em Guaratuba, menores de ...

    A Polícia Militar apreendeu 270 pedras de crack no bairro Coroados, em Guaratuba. A apreensão ocorreu durante uma ...

Policial

Devido a neblina Casal fica ferido após colisão contra ...

       Um casal, de 77 e 57 anos, ficou ferido após se envolver em um acidente, na manhã desta segunda-feira (16), na ...

Geral

Morre em São Paulo o cantor português Roberto Leal aos 67 ...

    O cantor português Roberto Leal morreu na madrugada deste domingo (15), em São Paulo, aos 67 anos. A informação ...

Geral


 

 

 

 


 

 

 

 

Previsão do Tempo

 

booked.net