Notícias do Litoral do Paraná

Prefeito de Paranaguá é multado por descumprimento de medida cautelar do TCE

Foto: PMP

     O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) multou o prefeito de Paranaguá (Litoral), Marcelo Elias Roque, em 30 vezes o valor da Unidade Padrão Fiscal do Paraná (UPF-PR), em razão do descumprimento de medida cautelar da corte.

A UPF-PR vale R$ 104,31 em outubro; e a sanção corresponde a R$ 3.129,30 para pagamento neste mês. A cautelar, concedida pelo conselheiro Nestor Baptista em 11 de abril de 2018 e homologada na sessão do Tribunal Pleno de 3 de maio daquele ano, havia determinado que o Município de Paranaguá suspendesse a Concorrência Pública nº 1/2018, realizada para a contratação de empresa para executar a atualização de diagnóstico e a revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado (PDDI) do município, pelo valor máximo de R$ 1.035.308,27. A medida liminar havia sido concedida em razão da exigência de que as empresas licitantes fossem registradas no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) ou no Conselho Regional de Arquitetura e Urbanismo (CAU). O TCE-PR acatara Representação da Lei nº 8.666/93 (Lei de Licitações e Contratos) formulada pela advogada Ellen Bueno Paganotti. Ela alegou que a exigência de que as empresas proponentes fossem registradas no Crea ou no CAU restringiria a competição no certame. Posteriormente, em 21 de novembro, o Pleno do TCE-PR homologara a revogação da cautelar. Contudo, os conselheiros haviam determinado a continuidade da Representação que originara o processo, para apurar o descumprimento da medida liminar anterior à sua revogação. Isso porque o certame fora reaberto, em 10 de agosto, com a publicação do edital sem a exigência a impugnada pela liminar do TCE-PR. A Coordenadoria de Gestão Municipal (CGM), responsável pela instrução do processo, concluiu que o prefeito deveria ser multado pelo descumprimento da medida cautelar, pois ele não comunicou ao Tribunal que havia corrigido a falha e retomado a licitação. O Ministério Público de Contas (MPC-PR) concordou com a unidade técnica. O novo relator do processo, conselheiro Durval Amaral, entendeu que a exclusão da cláusula n° 8.3.1 - "a" do edital da Concorrência Pública nº 1/2018 do Município de Paranaguá realmente justificara a revogação da cautelar. No entanto, Amaral considerou que o município desrespeitou a suspensão determinada pelo Tribunal ao dar continuidade à concorrência. Assim, ele aplicou ao prefeito a multa prevista no artigo 87, III, da Lei Complementar nº 113/2005 (Lei Orgânica do TCE-PR). Os conselheiros acompanharam por unanimidade o voto do relator, na sessão do Tribunal Pleno de 11 de setembro. Eles recomendaram ao Munícipio de Paranaguá e ao seu gestor que, futuramente, as decisões do TCE-PR sejam rigorosamente cumpridas, ou então questionadas por meio dos instrumentos processuais cabíveis. A decisão está expressa no Acórdão nº 2780/19 - Tribunal Pleno, veiculado em 19 de setembro, na edição nº 2.147 do Diário Eletrônico do TCE-PR (DETC).

Fonte: TCE-PR

Preso pela ROTAM mais um suspeito de tráfico de drogas em ...

     Policiais militares das Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) prenderam, no início da noite de terça-feira ...

Policial

Embarcação afunda próximo a praia e pessoas são resgatadas ...

    Foto: Wilmar  Uma lancha naufragou na praia em Guaratuba e os ocupantes foram resgatados pelo banana boat, além ...

Geral

Jovem está desaparecido no Litoral

Nestor Eugenio está desaparecido desde domingo (12), ele tem aproximadamente 1.65 de altura e 75 quilos, com uma ...

Policial

O Corpo de Bombeiros informam que triplicaram as ...

     O número de queimaduras por águas-vivas nas praias do litoral paranaense triplicou na temporada 2019/2020 em ...

Geral

Motociclista morre em acidente ao colidir com caminhão na ...

     Um homem de 34 anos morreu, na madrugada deste domingo (12), em um acidente entre uma motocicleta e um ...

Geral

Cochilo ao volante causa queda de veículo em córrego na PR- ...

     O cochilo de uma motorista na PR-407 – que liga a BR-277 às praias – poderia ter provocado uma tragédia na tarde ...

Geral


 

 

 

 


 

 

 

 

Previsão do Tempo

 

booked.net